Tag: apoio

Hospital Mário Kroeff agradece ao Revifé 


Nossa amiga Sandra e o grupo Revifé estiveram no dia 31/03/2017 trazendo aos nossos pacientes lanchinhos, kits de carinho, e para o hospital materiais como fraldas geriátricas, creme dental, papel higiênico, sabonete entre outras coisas.

Esse tipo de ajuda é muito importante para nós, pois são itens muito utilizados no momento em que os pacientes mais precisam.

Ficamos muito gratos pelo empenho do grupo em apoiar o HMK na luta contra o Cãncer, e desejamos encontrar muitas outras pessoas que possam nos ajudar, assim como o grupo Revifé que usa a fé para ajudar aos que precisam.

Obrigado pela ajuda, Grupo Revifé!

Postado pelo Hospital Mário Kroeff em sua página no Facebook

 

“A força do ventre vence o câncer” – Semana Mundial de Aleitamento Materno


Semana Mundial de Aleitamento Materno 

O que acontece com o leite doado?

O leite doado vai para o banco de leite, onde sofre um processo de pasteurização e é destinado a bebês prematuros ou que estejam internados em centros de tratamento intensivo neonatal.

Os bancos de leite fazem um cadastramento cuidadoso das doadoras, acompanham o processo de aleitamento e dão orientações sobre a doação. Em termos gerais, é preciso que o próprio filho da nutriz (a mulher que fornece o leite) esteja recebendo leite materno, a não ser em caso de força maior.Muitas vezes, mulheres que têm prematuros mantêm a ordenha no hospital para estimular a produção de leite, mesmo que o bebê ainda não possa mamar. Esse leite então é armazenado pelos bancos de leite.Como o leite é destinado a prematuros ou pacientes de UTIs neonatais, há um controle rígido da saúde da doadora. Os principais requisitos para doar são:

    • Apresentar exames do pré ou do pós-natal comprovando estar bem de saúde
    • Não fumar
    • Não tomar medicamentos incompatíveis com a amamentação
    • Não usar álcool ou drogas ilícitas
Como é feita a doação do leite materno?

Embora em alguns bancos de leite haja o uso de bombinhas elétricas, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) recomenda que a ordenha seja manual, para que haja menos chance de contaminação. A coleta pode ser feita no próprio banco de leite ou em casa — dependendo do caso, alguém buscará o leite uma vez por semana. São necessários alguns cuidados especiais durante a ordenha, como:

    • Usar lenço ou touca de banho nos cabelos na hora da coleta
    • Usar máscara ou uma fralda de pano no rosto
    • Evitar conversar durante a ordenha
    • Lavar as mãos e o antebraços com água e sabão, até os cotovelos; manter as unhas curtas e limpas
    • Desprezar os primeiros jatos de leite (cerca de 1 ml)
    • Usar recipiente esterilizado, de boca larga, para recolher o leite
    • Guardar o leite coletado imediatamente no congelador
    • Não encher demais o recipiente

@padilhando assista por favor: Sofrimento e desabafo de Fernanda Angélica, uma paciente com câncer


Câncer – Depoimento Fernanda Angélica

SOFRIMENTO DE UM PACIENTE COM CÂNCER

Depoimento de Fernanda Angélica e sua luta contra o câncer! O Governo não ajuda, nos SUS o diagnóstico já é demorado e a previdência social não está nem aí para o paciente!

COMPARTILHE E VAMOS MOSTRAR A VERDADEIRA FACE DO BRASIL PARA QUE TODAS AS PESSOAS VEJAM O SOFRIMENTO DE UM PACIENTE COM CÂNCER.

Vídeo original na página da Fernanda >>http://www.youtube.com/watch?v=QiXy-B257q4 COMPARTILHE, VAMOS FAZER COM QUE ESSE VÍDEO CHEGUE ATÉ OS GOVERNANTES, PARA QUE SAIBAM A REAL SITUAÇÃO DO NOSSO PAÍS!