REVIFÉ é revivendo com fé!


Deixe um comentário

Curso de Capelania 


Seja um(a) capelão (ã) credenciado pelo CONFECAP – Conselho Federal de Capelania.Próxima turma será no dia 2 de dezembro de 2017 na Igreja Nova Vida da Usina.

Valor do curso- R$ 180,00 incluindo apostila, certificado e credencial.

Link para baixar a ficha de inscrição ou você poderá preenche-la no dia do curso.

No dia do curso é necessário apresentar:

*Ficha de inscrição preenchida com letra legível e uma foto 3×4 recente

*Carta de apresentação do pastor com os dados da igreja e contatos do pastor

*Xerox da identidade, CPF e comprovante de residência

*Comprovante do depósito bancário

CLIQUE NO LINK ABAIXO PARA BAIXAR A FICHA DE INSCRIÇÃO

http://sandradeandrade.com.br/wp-content/uploads/2017/11/ficha-do-confecap.atualizada.doc.pdf

*Caso você não consiga, deixe para preenchê-la no dia do curso.

Lembre-se que o importante é que sua inscrição seja confirmada via whatssap (21) 98123 5716, para sabermos a quantidade de apostilas e que no dia do curso todos os documentos listados acima sejam entregues.

img_1238-1

Anúncios


Deixe um comentário

Outubro Rosa em Roraima 


Estivemos participando da cerimônia de posse da coordenadora municipal do PRB de Rorainópolis em Roraima, 5/11, onde realizamos uma palestra sobre prevenção ao câncer de mama e sobre a vida que existe durante e após o câncer. 


Deixe um comentário

Novembro Azul e Branco


NOVEMBRO: Saímos do Outubro Rosa e agora entramos no Novembro Azul, e existe o Novembro Branco também, vc sabia? * Novembro Azul: O câncer de próstata é o tumor mais frequente em homens no Brasil, compromete um em cada seis acima dos 50 anos. Representa cerca de 70.000 novos casos e 14.000 mortes por ano. O diagnóstico precoce é importante para se alcançar a cura e é feito através de rastreamento anual após os 50 anos de idade, através do toque retal e do PSA dosado no sangue. * NOVEMBRO BRANCO: Também é o mês de conscientização do câncer de Pulmão! O câncer de pulmão é a neoplasia que mais mata no Brasil e no mundo, sendo responsável por uma a cada cinco mortes relacionadas a doença. Cerca de 85% dos pacientes com esse diagnóstico, são ou foram tabagistas. Essa campanha é fundamental para alertar a sociedade para prevenção e combate à doença. Ações específicas para diagnóstico da doença, precisam ser incorporadas para que os resultados relacionados a essa doença sejam mudados.


2 Comentários

Ana Cristina, um teatemunho de Fé e perseverança 🙏🏻


TESTEMUNHO PIB CERÂMCIA 29/10/2017 Graça e paz irmãs e irmãos em Cristo!


Hoje venho diante da igreja para testemunhar todo o cuidado de Deus e toda sua provisão durante o período em que estive em tratamento. Recebi o diagnóstico de câncer de mama em outubro de 2016, um dia antes do meu aniversário. Ao todo foram 14 sessões de quimioterapia, sendo as 4 primeiras com intervalos de 21 dias e mais 10 sessões uma vez por semana, após esse período passei pela cirurgia de mastectomia (retirada do seio) e após a recuperação da cirurgia, passei por 25 sessões de radioterapia que foram realizadas de segunda a sexta. Esse período foi uma época em que vivi como se estivesse em uma montanha russa cheia de altos e baixos. Foram momentos de alegria, quando durante o tratamento o nódulo do seio que chegou a medir 4 cm despareceu completamente e momentos de tristeza quando esse nódulo reapareceu e cresceu rapidamente em 15 dias, sendo necessário que a quimioterapia fosse interrompida para que a cirurgia do seio fosse realizada o mais rápido possível. Naquela época estávamos passando por muitas dificuldades financeiras, sem perspectivas de conseguir resolver a situação e agora ainda aparecia essa doença! Foram muitos momentos de tristeza e angústia. Lembrei que em 2009, quando ainda morava em São Luís – MA, havia feito um seguro BB Mulher, só para que a minha gerente batesse uma cota de vendas. Na época, o valor era de trinta e oito mil reais. Nunca irei receber esse dinheiro e nem quero, pensei na época! Deus já estava agindo em 2009 em minha vida, mas eu ainda não sabia.


Depois de vários exames para poder iniciar a quimioterapia, veio a primeira consulta. A médica me informou muita coisa e também tirei várias dúvidas, no fim eu perguntei, quanto eu teria que pagar pelo tratamento. Ela disse que eu não pagaria nada, como sou dependente de militar, tudo seria custeado, inclusive a reconstrução da mama. Saí do consultório louvando a Deus pela provisão no tratamento, menos uma coisa para me preocupar. Veio a primeira sessão de quimioterapia, a médica acabou esquecendo de passar uma medicação para que eu não sentisse tanto a química no meu corpo. Passei muito mal, pedi a Deus que Ele fortalecesse meu espírito e meu corpo, para que eu não desanimasse, pois, aquela era a primeira de muitas sessões de quimio e o Senhor me sustentou, pois só Ele sabe o que se passa em nosso íntimo e sabe do que realmente necessitamos.


Recebi o valor do seguro e foi quase o dobro do valor inicial, esse dinheiro nos ajudou muito, em tudo o Senhor nos ajudou, até remédios que eu deveria comprar para tomar após a quimio, eu passei a receber no hospital. Conheci muitas pessoas que estavam passando pela segunda e terceira recidiva (retorno do câncer), mas mesmo assim, estavam confiantes que iriam ser curadas, confiavam em Deus. Conheci uma senhora um pouco mais velha e que tinha o mesmo nome que o meu, ela era muito alegre e passava muita força e confiança em Deus. Ela nunca usava lenço, estava sempre sorridente com sua carequinha, um dia, criei coragem e tirei foto sem lenço com ela. A foto ficou linda! Fiz muitas amizades e sempre estamos nos falando por mensagens, ultimamente ela não respondia. Fiquei sabendo que ela faleceu há dois meses, ela tinha câncer no colo do útero. Fiquei muito triste. Por que ela? Fiquei meditando triste nisso, e Deus respondeu, cada um têm a sua hora. A minha ainda não chegou e a cada dia que abro meus olhos, agradeço a Deus por mais um dia.

Não deixei de fazer nada durante o tratamento, continuei meus estudos, estágio em escola, ainda fui chamada para ser aluna bolsista em uma escola em Nova Iguaçu, recebendo uma bolsa auxílio. Fui a praia, fiz festa do lenço para os amigos e amigas, fiz curso de Capelania, pois penso em atuar nesta área futuramente, fiz o curso Casados para Sempre que foi uma grande terapia, aquele grupo de casais foi escolhido por Deus para estar conosco nessa fase tão difícil!!! O grupo pôde acompanhar todas as fases do tratamento, comecei careca e no fim o cabelo já estava crescendo. Enfim, aproveitei cada momento, cada parte do processo sempre confiando no Senhor que era só uma fase e que ela iria passar. Até viajei para o exterior para comemorar o fim do tratamento e 18 anos de namoro! Quando acho que nada mais pode me surpreender, vai lá Deus e me surpreende mais uma vez!

No início questionei Deus o motivo de estar passando por essa doença. Por que? Muitas pessoas foram usadas por Ele para me responder. Pergunte o para quê e não o porquê. Através do meu câncer, muitas pessoas voltaram-se para Deus, para pedir pela minha cura. Uma prima me falou que não orava, mas que iria orar todos os dias até que eu conseguisse a cura, ela até veio de Manaus e me fez uma visita surpresa. Isso aconteceu comigo, para que Deus fosse glorificado, para que todos vejam o que Ele é capaz de fazer, que todos vejam o seu imenso poder e glória!

Meu tratamento acabou, mas continuo em acompanhamento pelo oncologista e mastologista e estou fazendo fisioterapia. Para os médicos, só serei declarada curada depois de 5 anos sem retorno do câncer. Eu confio em Deus que estou curada, já voltei as minhas atividades que parei somente por causa da cirurgia e da radioterapia, mas a faculdade continuei fazendo através de exercício domiciliar. Hoje completa exatamente um ano do testemunho que dei ainda no início do tratamento, eu queria agradecer a Deus na época, por tudo o que Ele faria por mim. Hoje estou aqui para que todos saibam quão grande é o Deus a que sirvo!

Agradeço em primeiro lugar a Deus, meu esposo Sandro por estar sempre incansável ao meu lado e por sempre me fazer sorrir, mesmo nos momentos mais difíceis, a minhas filhas lindas Zhaira e Zhelda, a minha família, amigos de todos os lugares, recebi visitas até de amigos de São Paulo e Brasília. Agradeço aos pastores Luiz Vagner e Vívian pelas orações, pastores Cléber e Ana Cristina. Pr. Abimael, Pra. Sandra do projeto Revifé que também passou pelo câncer de mama, a todos os ministérios da igreja, a todas pessoas que puderam me ajudar de alguma forma, a todos que mesmo de longe, oraram e ainda oram por mim.


A Deus seja dada toda a honra e glória! Obrigada Senhor por todos os pequenos milagres que realizaste e ainda realizas em minha vida! Amém!

Ana Cristina Borba Silvino


Deixe um comentário

Brasil está entre países com maior incidência de câncer de pênis


Não existe um ranking oficial, mas o Brasil está entre os países com maior incidência de câncer de pênis no mundo, de acordo com levantamento da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). Estima-se que mais de 3.000 pessoas sofram da doença e que, todos os anos, 1.000 tenham o pênis parcial ou totalmente amputado só na […]

Não existe um ranking oficial, mas o Brasil está entre os países com maior incidência de câncer de pênis no mundo, de acordo com levantamento da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). Estima-se que mais de 3.000 pessoas sofram da doença e que, todos os anos, 1.000 tenham o pênis parcial ou totalmente amputado só na rede pública, segundo informações do Banco de Dados do Sistema Único de Saúde (Data-SUS). Além do Brasil, entre os mais afetados pela doença estão Índia (dos poucos países com taxa conhecida, 3,32 casos para cada 100.000 habitantes), Egito, Quênia, Uganda e Paraguai. Entre os que menos sofrem estão os Estados Unidos, com 0,2 casos a cada 100.000 habitantes, e Israel, com incidência zero.

“A estatística de Israel é beneficiada pela prática da circuncisão, que elimina a fimose – quando a cabeça do pênis é coberta por pele -, uma das causas do câncer”, explica Aguinaldo Nardi, coordenador de campanhas públicas da SBU. Outras causas do tumor são o tabagismo, doenças sexualmente transmissíveis (DST), e a falta de higiene. “Esta é uma doença dos países subdesenvolvidos”, diz Nardi. A maior ocorrência no Brasil está no Norte e no Nordeste. Segundo Nardi, falta nessas regiões a consciência de que é preciso lavar o órgão genital todos os dias, com água e sabão, e que é preciso procurar um médico em caso de lesão. Toda lesão deve ser examinada, principalmente a que não desaparece.
Mas São Paulo aparece no topo do ranking que a SBU traçou em 2007. A lista foi elaborada a partir dos cerca de 200 casos detectados durante a primeira campanha contra o mal. São Paulo respondia por 24,26% dos casos porque, além de ser o estado mais populoso, boa parte das cirurgias envolvem pacientes de outras localidades. Na lista, o Ceará está em segundo (12,87%), o Maranhão em terceiro (10,66%), Rio de Janeiro em quarto (9,19%), seguido por Pará (6,99%), Pernambuco e Minas Gerais (5,88% cada um), Goiás (3,68%), Alagoas e Tocantins (3,31%).
Para frear o avanço da doença, a SBU está promovendo sua segunda campanha, com a participação do ex-jogador e treinador de futebol Zico. 
Na web, é possível ver o vídeo no site da associação. Nesta edição da campanha, a entidade realizou 309 cirurgias de fimose no Norte e Nordeste.


Deixe um comentário

De Outubro a Outubro, nosso calendário é Rosa! 


E assim encerramos o #outubrorosa2017 com uma palestra na loja do grupo Abração Solidário 🙏🏻Amanhã, iniciando o mês de novembro com a graça do Senhor Jesus, nosso trabalho e empenho continua porque o câncer não escolhe data, a dor não marca dia para gemer! De Janeiro a Janeiro vivemos o Outubro Rosa 🙏🏻💕 #revife #revifeemacao #revifenooutubrorosa


Deixe um comentário

Presidente do Revifé participa de Workshop beneficente 


RIO – No mês mundial de conscientização sobre o câncer de mama, um workshop beneficente levou informação e solidariedade em prol do Hospital Mário Kröeff. Organizado pela primeira-dama do Rio, Sylvia Jane Crivella, o evento ocorreu ontem e teve a participação de cerca de cem pessoas. Elas assistiram palestras de cinco especialistas sobre a prevenção e o tratamento do câncer, e também aprenderam sobre a importância da alimentação saudável e de atitudes positivas para evitar a doença. Na ocasião foram arrecadados R$ 4 mil e 150 pacotes de fraldas geriátricas doados pelos participantes.Iniciando o ciclo de palestras, a dra. Kátia Fernandes, diretora técnica do Hospital Mário Kröeff, especializada em Oncologia Clínica, falou sobre prevenção de câncer de mama, alertou para a necessidade da realização do exame de mamografoa a partir dos 40 anos e explicou a importância do autoexame de mamas. Em seguida, foi a vez da dra. Sandra Gioia, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia e também médica do Instituto Nacional de Câncer (Inca) falar sobre o acesso ao tratamento do câncer de mama, defendendo mais agilidade no atendimento aos pacientes da rede pública, desde o diagnóstico até os procedimentos para a cura. Dando continuidade, a psicoterapeuta e presidente da Revifé, Sandra de Andrade, contou sua experiência pessoal falando sobre o tema “Existe vida após um câncer”. Em seguida, a médica pós-graduada em Nutrologia, Rachel Furtado Moreira, coach de saúde e criadora do treinamento “Alimentação 180º”, ensinou sobre mitos e verdades em relação aos alimentos que trazem saúde. Para fechar o workshop, a life coach Jacqueline Abreu, que também é idealizadora do projeto “Nascidas para transformar”, fez uma palestra motivacional intitulada “Mulher PodeRosa”.


Deixe um comentário

#OutubroRosa – Evento Beneficente


Em comemoração ao Outubro Rosa, mês mundial de conscientização sobre o câncer de mama, considerado o mais comum entre as mulheres, a primeira-dama do Rio, Sylvia Jane Crivella, reúne amanhã, sábado (29), cinco especialistas para um workshop beneficente em prol do Hospital Mário Kroeff. As palestrantes irão orientar sobre a doença e o tratamento, além de falar sobre alimentação saudável e a transformação feminina. O encontro, com almoço incluído, será no Copacabana Praia Hotel, das 9h às 16h30.
Pela manhã, a dra. Kátia Fernandes, diretora técnica do Hospital Mário Kröeff, especializada em Oncologia Clínica, falará sobre prevenção de câncer de mama. Em seguida, a dra. Sandra Gioia, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia, fará palestra sobre o acesso ao tratamento do câncer de mama. Logo depois, será a vez da psicoterapeuta e presidente do Revifé, Sandra de Andrade, com o tema “Existe vida após um câncer”.

Matéria completa:

http://www.srzd.com/geral/primeira-dama-sylvia-crivella-reune-especialistas-para-workshop-beneficente-em-prol-do-hospital-mario-kroeff/amp/ 

#revife #revifeemacao #revifeemcampanhapermanente #revifenooutubrorosa