REVIFÉ é revivendo com fé!


Deixe um comentário

Prescrição: Uma caixa de bom humor


E se, em vez de remédios, seu médico te receitasse uma caixa de bom humor, aplicada no mínimo 10 vezes ao dia, durante 365 dias de todos os anos da vida. Juntamente com um vidro de humanidade, de uso contínuo?


Foi exatamente o que fez o médico recém-formado de Macapá, Andre Reis, de 26 anos, no dia de Natal. O sucesso do receituário foi tanto que até a página da prefeitura de Macapá compartilhou. 

“Pensei que fosse ficar nisso, quando vi que alguns amigos curtiram a foto. Mas depois um amigo me marcou em uma postagem da prefeitura e vi que muitas pessoas começaram a compartilhar. Foi bem divertido”, diz em entrevista ao G1. Escrito em um momento de descontração no plantão na Unidade de Saúde Lélio Silva, no bairro Buritizal, na Zona Sul de Macapá, o jovem médico não imaginava a proporção que tomaria quando postou a foto na rede social.

“Pensei em algo clichê, porém esquecido pela rotina cansativa do dia-a-dia. O bom humor e a humanidade é algo que todos, independente da profissão, categoria, classe, gênero ou idade deveriam fazer”.
“Basicamente espero sempre ser feliz com o que estou fazendo e acredito que isso é a base pra motivação. De levantar todo dia, superar o cansaço e seguir em frente”, finaliza.


Deixe um comentário

Doença genética ou hereditária, qual a diferença? 



Herdamos dos nossos pais um código, o DNA, que carrega toda nossa informação genética. É ele que diferencia uma pessoa e outra, desde a cor dos olhos até a suscetibilidade para doenças. Neste cenário, há quem diga que ao apresentar alguma patologia, a herança também é da família. Mas não é bem assim.É necessário que as pessoas compreendam que doença genética não é sinônimo de doença hereditária. Todas as doenças hereditárias são genéticas, mas nem todas as doenças genéticas são hereditárias. As doenças genéticas são desenvolvidas a partir de um erro no material genético que podem aparecer pela primeira vez na família, como a síndrome de Down.

As doenças hereditárias mostram a tendência Continuar lendo