Relato de um doador de medula óssea

🚨Relato de um Doador de Medula Óssea🚨

Créditos: @projetosejaumheroi

Olá, meu nome é Caio Giacometti. Realizei o cadastro no REDOME no dia 18 de Março de 2014 através da campanha “Seja um Herói, Salve vidas!”. Na época era para salvar a vida do pequeno João Pedro (in memoriam) e em julho de 2017, recebi o primeiro telefonema, informando que seria um possível doador compatível com uma pessoa que necessitava do transplante e que eu deveria fazer novos exames para confirmar esta compatibilidade e me certificar se estaria disposto a realizar todos os exames necessários para a confirmação da compatibilidade, afinal sempre foi um sonho meu, ajudar a salvar vidas. No dia 22/11/2017 recebi por e-mail o meu numero de doador do REDOME. Me senti muito feliz, pois sei que a possibilidade de encontrar um doador é remota.

No dia 19 de Abril de 2018, foi quando viajei para São Paulo para fazer outros exames no Hospital Santa Marcelina para atestar minha saúde, informaram que minha doação seria pela veia, que segundo o REDOME “É um método de doação chamado coleta por aférese. Neste caso, o doador faz uso de uma medicação (Granulokine) por cinco dias com o objetivo de aumentar o número de células-tronco (células mais importantes para o transplante de medula óssea) circulantes no sangue. Após esse período, a pessoa faz a doação por meio de uma máquina de aférese, que colhe o sangue da veia do doador, separa as células-tronco e devolve os elementos do sangue que não são necessários para o paciente. Não há necessidade de anestesia, sendo todos os procedimentos feitos pela veia. A decisão sobre o método de doação mais adequado é exclusiva dos médicos assistentes, tanto do paciente quanto do doador, e será avaliada em cada caso”. No meu caso minhas veias do braço não eram muito calibrosas, então, tive que ir para o centro cirúrgico para a passagem de um cateter na veio femoral com anestesia local. Algo muito simples e sem dor sem contar da equipe de médicos vasculares especializados e preparados para esse procedimento.

Ainda no dia 19/04/18 fui entrevistado por uma médica Hematologista de Transplante de Medula Óssea (Dr. Ana Marcela) onde o fator principal era se realmente desejava fazer a doação e para maiores esclarecimentos, meus possíveis medos e dúvidas sobre a doação, nesta entrevista ela me perguntou se eu estava seguro do que eu queria e que eu ainda poderia desistir, pois caso no dia da doação eu não compareça, o paciente vai a óbito, pois será destruída a medula dele e ele ficara sem imunidade para receber sua VIDA uma pequena parte minha que resultará na vida dele e que para mim não fará falta nenhuma e que em 15 dias tenho todas elas recompostas novamente. Estas palavras me tornaram ainda mais responsável pela vida daquela pessoa e o meu sentimento de gratidão só aumentava ainda mais.

Depois destes resultados fui contatado, onde marcamos a data da doação 17/05 e eu teria que voltar ao Hospital cinco dias antes para começar tomar o GRANULOKINE, medicação que faz com que as células da medula se multipliquem para o sangue em grande quantidade. Chegou o tão esperado dia, fui para São Paulo uns dias antes da doação, me pediram para eu chegar ao hospital no dia 13/05 às 18:00h, para tomar as duas primeiras ampolas da medicação e que daí até o dia da internação eu mesmo poderia fazer a aplicação das mesmas (é uma agulha de insulina, muito simples de ser aplicada e nem sente dor durante as aplicações). No dia 16/05 às 08:00h, fui para ser internado e chegando me pediram para ir ao segundo andar da hemodinâmica, onde fui encaminhado para internação e esperar até as 21:00h para entrar no centro cirúrgico, daí passei por uma conversa com dois médicos Vasculares entre eles o Drº Henry que me fez varias perguntas (de rotina), me explicou como seria a colocação do cateter e que seria um procedimento muito rápido e que realmente não durou vinte minutos para passagem do mesmo.

No dia dezessete às 08:15h deu-se inicio a doação da medula óssea no setor de Áferese que durou 05:00h e coletou 2,61ml de medula e para minha infelicidade a enfermeira me comunicou que eu teria que fazer uma nova coleta, pois minha medula não produziu a quantidade necessária para a paciente que era 4,1ml (mulher de 50kg). Então no dia seguinte as 08:33h deu-se inicio ao segundo dia de doação onde fiquei mais 05:00h na maquina e graças a DEUS colheu mais 2,88ml. Em momento algum senti dor durante e após o procedimento, apenas um desconforto e um pouco de fraqueza que durou menos de um dia, três dias depois eu já estava trabalhando, e este desconforto com certeza é muito menor do que salvar a vida de um irmão.

Quando encerrou todo procedimento o único sentimento que tomava conta de mim era o da GRATIDÃO, por ter sido escolhido para salvar a vida de uma mulher desconhecida e que passaria a ter os meus cromossomos, nesse momento senti a presença de Deus perto de mim, em nenhum momento eu tive medo, aliás DEUS se fez presente em todos os momentos. Quando finalizaram os procedimentos de coleta da medula, me apresentaram uma bolsa de sangue (medula), que representaria a partir daquele momento, o renascimento de uma VIDA.

Fiquei no Hospital internado por três dias, onde recebi toda assistência, digna de todos que ali trabalhavam. A sensação que senti em doar acredito que foi a mesma que a família sentiu em receber e percebi que realmente fiz a minha vida valer a pena, isso não tem preço!

O TRANSPLANTE DE MEDULA ÓSSEA É A ÚNICA ESPERANÇA DE CURA DE MUITAS DOENÇAS DO SANGUE.

Se você não se cadastrou ainda vá ao hemocentro mais próximo a sua cidade;

Leve seus documentos pessoais; Não é necessário jejum! Lá será colhida uma amostra de sangue para conhecer sua tipagem; Seus dados vão para o banco de medula óssea (REDOME);

Se você for compatível com alguém que esteja precisando de doador compatível, será chamado para de fato fazer a doação de medula óssea e vai estar salvando uma. A leucemia tem cura e nós somos a cura!

#doadordemedulaossea #doemedula #doevida #rumoacura #medulinha #doesangue #doeplaquetas #eusoucompativel #redome #doevidaemvida #projetosejaumheroi — sentindo-se agradecido em Projeto Seja um Herói.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s