REVIFÉ é revivendo com fé!

Concurso destinado a quem fez reconstrução dos seios

Deixe um comentário

toplessQual a importância do seio para a mulher? Essa era a pergunta para as candidatas ao título de Musa Topless Cor de Rosa 2016, que fechou inscrições nesse fim de semana. Dessa vez, o concurso é destinado a mulheres que fizeram reconstrução do seio em decorrência do câncer de mama. A iniciativa tem a parceria da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM). O resultado sai na quarta-feira (20), quando será realizado o Toplessaço, na Praia de Ipanema.

Eliane Canegal participou de sessão de fotos para o concurso de musa do Toplessinrio 2016 (Foto: Divulgação/StudioFaya)
Eliane Canegal participou de sessão de fotos para
o concurso de musa do Toplessinrio 2016 (Foto:
Divulgação/StudioFaya)

Quatro fluminenses e uma paulista estão no páreo da disputa. São elas: a jornalista Eliane Canegal, 42 anos; Carolina Sanovicz, 26, profissional de turismo; a administradora Ana Cristina Martins, 45; Viviane de Oliveira Mello, 33, professora de sociologia e Vânia Mara Maciel Videira, 61, securitária.

As candidatas serão avaliadas por um júri técnico e pelo voto popular por meio do Instagram @toplessinrio. Entre os jurados estão os atores Thiago Lacerda e Carolina Kasting, o empresário Ricardo Amaral, os fotógrafos Jorge Bispo e Antônio Guerreiro, o artista plástico Martin Ogolter e a cantora Júlia Bosco.

“O concurso foi aberto para pessoas do sexo feminino, maiores de 18 anos no momento da inscrição e que tivessem feito a cirurgia de reconstrução, mas acabamos por abrir exceção para três mulheres que ainda não reconstruíram a mama pois optaram por fazer depois do tratamento com radioterapia ou aguardam na fila de espera do SUS”, diz Ana Paula Nogueira, fundadora do Toplessinrio.

Concurso foi direcionado para mulheres que tiveram câncer de mama (Foto: Divulgação)Vânia Videira participa do concurso direcionado
para mulheres que tiveram câncer de mama
(Foto: Arquivo Pessoal)

“Vimos que deixar a reconstrução para o final do tratamento ou ter que esperar na longa fila para a cirurgia, garantida de forma gratuita no sistema público de saúde, também é uma realidade e que elas tinham uma história importante a contar para a sociedade.”

Com o mote “Ninguém precisa viver sem peito”, o concurso se propõe a informar e estimular as mulheres com câncer de mama para essa importante etapa que é a reconstrução do seio. E trazer de volta a vaidade e a sensualidade muitas vezes extirpadas junto com o seio.

Sobre Toplessinrio
Criado em 2013 pela jornalista Ana Paula Nogueira, o movimento vai além da legalização da prática do topless nas praias do Rio de Janeiro e prega maior liberdade para o corpo da mulher.

O evento Toplessaço faz parte da ideia de criar na cidade ações que imprimam mais naturalidade ao corpo, principalmente o feminino, a começar por um gesto simples como pegar sol nos seios. Mais informações emtoplessinrio.com

Topless (Foto: Divulgação)
Ana Cristina Martins, tem 45 anos (Foto: Bruno Lira / Divulgação)
Final do concurso será na quarta-feira (Foto: Divulgação)
Viviane de Oliveira Mello, 33 anos, é professora de sociologia (Foto: David Jay / Divulgação)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s