REVIFÉ é revivendo com fé!

Angelina Jolie faz cirurgia para retirar ovários por medo de câncer

2 Comentários

Atriz escreveu sobre procedimento em artigo ao jornal ‘New York Times’.
Há dois anos, ela realizou uma dupla mastectomia também preventiva.

angelina

Angelina Jolie divulga ‘Invencível’ em Londres em dezembro de 2014 (Foto: REUTERS/Paul Hackett)

A atriz e cineasta norte-americana Angelina Jolie anunciou nesta terça-feira (23) que se submeteu a uma cirurgia preventiva para retirar os ovários e as trompas de Falópio, dois anos após uma dupla mastectomia também preventiva.

Em um artigo publicado no jornal “New York Times”, a atriz, que perdeu a mãe, Marcheline Bertrand, a avó e uma tia para o câncer, explica os motivos da decisão. Angelina Jolie afirma que tem uma mutação no gene BRCA1 que representa um risco de 87% de desenvolver câncer de mama e 50% de sofrer câncer de ovário.

“Eu estava planejando isso há algum tempo. É uma cirurgia menos complexa do que a mastectomia, mas seus efeitos são mais graves.

Ela coloca a mulher na menopausa forçada. Então, eu estava me preparando fisicamente e emocionalmente, discutindo as opções com os médicos, pesquisando medicina alternativa, e mapeando os meus hormônios para substituição de estrogênio ou progesterona. Mas eu senti que ainda tinha meses para marcar a data”, conta Jolie.

É uma cirurgia menos complexa do que a mastectomia, mas os efeitos são mais graves. Ela coloca a mulher na menopausa forçada”
Angelina Jolie, atriz e cineasta

Ela explica que há duas semanas recebeu uma ligação do médico com os resultados de um exame de sangue. O doutor disse que o nível no sangue de uma proteína chamada CA-125, monitorada para detectar o risco de câncer de ovário, era normal.

No entanto, “havia uma série de marcadores inflamatórios que eram altos” e que poderiam apontar um câncer incipiente. “O câncer de ovário da minha mãe foi diagnosticado quando ela tinha 49 anos. Eu tenho 39.”

Diante do risco, a atriz se submeteu na semana passada a uma “salpingo-ooforectomia bilateral laparoscópica”, uma operação preventiva na qual são retirados os ovários e as trompas de Falópio. “Optei por manter meu útero porque o câncer nessa localização não é parte do meu histórico familiar.”

“Havia um pequeno tumor benigno em um ovário, mas não havia indícios de câncer em nenhum dos tecidos”, explica Angelina Jolie, casada com o ator Brad Pitt e embaixadora da boa vontade da Agência das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

“Sei que meus filhos nunca terão que dizer: ‘Mamãe morreu de câncer de ovário'”

“Eu passei pelo que eu imagino que milhares de outras mulheres sentiram. Eu disse a mim mesma para ficar calma, ser forte, e que não havia nenhuma razão para pensar que eu não viveria para ver meus filhos crescerem e para conhecer os meus netos”, relata.

“Liguei para o meu marido na França, que estava em um avião há horas. A coisa bonita sobre esses momentos na vida é que há tanta clareza. Você sabe para o que você vive e o que importa. É polarizador, e é pacífico.”

Angelina continua o artigo ao contar que se tratou com a mesma médica que cuidou de sua mãe. Ela começou a chorar quando viu Jolie e disse que a atriz estava muito parecida com a mãe. “Sorrimos uma para a outra e concordamos que estávamos lá para lidar com qualquer problema.”

“Sei que meus filhos nunca terão que dizer: ‘Mamãe morreu de câncer de ovário'”, completa no artigo a atriz de Hollywood, que tem seis filhos, três biológicos e três adotados. “Agora estou na menopausa. Não serei capaz de ter mais filhos, e espero algumas mudanças físicas. Mas eu me sinto à vontade com o que virá, não porque eu sou forte, mas porque esta é uma parte da vida. Não é nada a ser temido.”

“Não é fácil tomar estas decisões. Mas é possível assumir o controle e enfrentar de frente qualquer problema de saúde. Você pode buscar aconselhamento, estudar as opções e tomar as decisões que são apropriadas para você. Conhecimento é poder”, concluiu a atriz.

Angelina Jolie ao lado de sua mãe, Marcheline Bertrand, durante a pré-estreia do filme 'Pecado original', em julho de 2001, em Hollywood (Foto: REUTERS/Fred Prouser/Files)
Angelina Jolie ao lado de sua mãe, Marcheline Bertrand, durante a pré-estreia do filme ‘Pecado original’, em julho de 2001, em Hollywood (Foto: REUTERS/Fred Prouser/Files)
Fonte: G1
Anúncios

2 pensamentos sobre “Angelina Jolie faz cirurgia para retirar ovários por medo de câncer

  1. Pingback: Carta do Rio Contra o Câncer e a cirurgia da Angelina Jolie »

  2. Pingback: Carta do Rio Contra o Câncer e a cirurgia da Angelina Jolie |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s