REVIFÉ é revivendo com fé!

Saúde pública – Diagnóstico tardio torna tratamento contra o câncer mais difícil em RO

Deixe um comentário

A doença passa a ter um tratamento paleativo e não curativo, diz médico.

Único Instituto de Prevenção ao Câncer de Ariquemes atende 250 pessoas.

Em Ariquemes, RO, 250 pessoas diagnosticadas com câncer são acompanhadas pelo Instituto de Prevenção ao Câncer (Inacar), o único da cidade. Mas esse número pode ser muito maior, por falta de um diagnóstico precoce, segundo a presidente Dalva Miranda.

Para evitar que o câncer seja diagnosticado tarde demais, a conscientização da população é importante. Para o oncologista Antônio Lopes, a descoberta tardia torna o tratamento difícil e a cura fica praticamente extinta. “A doença passa a ter um tratamento paleativo e não curativo, para que o paciente evite sofrimento”, explica o médico.

Aos 35 anos, Neide das Dores descobriu a doença e faz tratamento há oito meses. “É difícil, principalmente com filhos pequenos. Mexe com o nosso emocional. Mas enquanto tem  vida, temos que ter esperança e lutar”, afirma a dona de casa.

Para Elias Ribeiro, foi difícil receber a notícia aos 51 anos. “Na hora eu pensei que ia morrer. É uma doença que bota medo em todo mundo”, diz Ribeiro. Mas depois de 28 sessões de radioterapia e seis de quimioterapia, a realidade é outra. A doença foi superada.

De acordo com a presidente do Inacar, as mobilizações realizadas pelo instituto devem atender cerda de 200 pessoas ao mês.

“Hoje está se descobrindo mais [a doença], por causa da procura. Então uma vez que você procura mais cedo, também descobrimos a cura”, diz Dalva Miranda.

G1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s