REVIFÉ é revivendo com fé!

Notícia muito triste: Cristina Mortágua passa a noite na delegacia

Deixe um comentário

Rio – A ex-modelo e empresária Cristina Mortágua, 41 anos, passou a noite detida numa sala da 16ª DP (Barra da Tijuca). Ela foi presa em flagrante no final da tarde dessa segunda-feira por desacato, injúria, lesão corporal e resistência a prisão. Como a delegacia não tem carceragem, ela poderá ser transferida ainda nesta terça-feira para uma carceragem da Polinter caso não seja paga uma fiança de R$ 6 mil.

Foto: Alexandre Brum / Agência O Dia
Cristina Mortágua chega à 16ª DP na noite de ontem: a ex-modelo pode pegar até cinco anos de prisão | Foto: Alexandre Brum / Agência O Dia

A confusão começou por volta das 12h30 da segunda-feira. O filho de 16 anos da empresária – fruto de relacionamento com o ex-jogador Edmundo – foi à delegacia acompanhado de uma empregada para fazer uma denúncia de agressão contra a mãe. Pouco depois, a ex-modelo chegou ao local e tentou bater no adolescente. Contida por policiais, ela foi levada para o lado de fora, onde tentou se atirar na frente de carros que passavam pela rua.

Foto: Alexandre Brum / Agência O Dia
Uma sacola com caixas de remédios de uso controlado usados pela ex-modelo foi apresentada na delegacia | Foto: Alexandre Brum / Agência O Dia

Descontrolada, Cristina retornou para dentro da delegacia, onde passou a xingar os policiais. A delegada substituta, Daniela Rebelo, tentou intervir e levou um chute na barriga e teve um brinco arrancado. Imediatamente, a ex-modelo recebeu voz de prisão.

‘Como mãe, tento ver o melhor para ele’

Levada para o Hospital Lourenço Jorge, ela seguiu até o Instituto Médico-Legal para passar por exames toxicológico e de corpo de delito. Na saída da delegacia, Cristina ‘justificou’ as agressões dizendo que o filho é gay e acrescentou. “Ele foge de casa para se drogar. Como mãe, tento ver o melhor para ele”.

Após autuar Cristina, o delegado Rafael Willis, titular da 16ª DP, estipulou a fiança. De acordo com o policial, a ex-modelo apresentava sinais de desequilíbrio emocional. “Ela estava completamente fora do juízo de uma pessoa normal. Não falava coisa com coisa. Onde já se viu, dentro de uma delegacia, xingar e partir pra cima de um policial?”, afirmou, acrescentando que, casos eja condenada, ela pode pegar até cinco anos de prisão.

Foto: Alexandre Brum / Agência O Dia
Vídeo mostra a ex-modelo agredindo o filho na delegacia na Barra | Foto: Reprodução de vídeo

No hospital, Cristina voltou a criar confusão, ao xingar médicos e funcionários. Depois, chegando ao IML, recusou-se a ceder sangue e urina para testes e passou só por exame visual.

O filho da ex-modelo entregou aos policiais sacola com caixas de remédios de uso controlado. Segundo ele, a mãe estaria fazendo uso abusivo da medicação. Na bolsa de Cristina, os policiais também encontraram remédios. À noite, a avó materna do adolescente foi chamada pelo Conselho Tutelar para ficar com ele.

Fonte: Jornal O DIA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s