REVIFÉ é revivendo com fé!

Aprenda comigo sobre a enfermidade que estou combatendo em meu corpo:CELULITE INFECCIOSA

4 Comentários

 

As fotos são do meu braço – Sandra de Andrade


A pele é o órgão mais acessível do corpo, um dos mais facilmente traumatizável e sujeito à infecção, sendo composta de duas camadas.
Uma superficial denominada epiderme e a outra mais profunda denominada derme. Os folículos pilosos, as glândulas sebáceas e as glândulas sudoríparas abrem-se para a superfície cutânea. Abaixo da derme está a camada subcutânea adiposa, sob a qual localiza-se a fina membrana fascial que recobre os músculos, ligamentos e outros tecidos conjuntivos.
O plano fascial cria espaço em várias partes do corpo, incluindo a cabeça, o pescoço, dedos, mãos e pés.
A

fascia é uma barreira que determina a extensão por onde a infecção pode se disseminar, mas pode também criar desafios terapêuticos devido à sua impermeabilidade, tendo de ser tratada cirurgicamente.
As infecções cutâneas envolvem uma grande diversidade de agentes etiológicos e mecanismos patogenéticos múltiplos.
Estas infecções são classificadas em primárias ou secundárias, (dependendo da existência ou não de uma porta de entrada anterior à infecção), agudas ou crônicas (de acordocom a duração da infecção), podendo ainda ser mono ou polimicrobianas. As infecções que têm o foco primário em estruturas profundas podem manifestar-se como erupções cutâneas.
As infecções primárias ocorrem em pacientes sem porta de entrada evidente (Ex: erisipelas). As infecções secundárias ocorrem, como complicações de lesões de pele (abrasões), traumas cirúrgicos ou feridas
penetrantes.
Tais infecções podem ser tanto monomicrobianas, tais como feridas infectadas por

estafilococos, ou polimicrocrobianas, como em algumas condições gangrenosas causadas por estreptococos microaerófilos
e anaeróbios. As infecções secundárias podem ser localizadas ou disseminadas, dependendo da extensão das doenças de base, ou precipitadas por algum trauma. Como exemplo de infecções agudas ou crônicas podemos citar um furúnculo estafilocócico que acaba em poucos dias, enquanto que algumas infecções fúngicas crônicas podem durar meses ou anos.
ERISIPELA E CELULITE
A erisipela é uma infecção cutânea geralmente causada por estreptococo do grupo A, tendo sido descritos raros casos devidos a estreptococos C e G. A infecção envolve principalmente a derme e as partes mais superficiais do tecido subcutâneo com envolvimento proeminente dos linfáticos superficiais. A erisipela apresenta uma área cutânea endurecida, edematosa, avermelhada e dolorida, eventualmente com pequenas vesículas ou bolhas na superfície cutânea. O quadro clínico típico é caracterizado pelo aparecimento de alterações cutâneas com bordas elevadas e nitidamente demarcadas com pele adjacente normal ou não envolvida. O ataque agudo de febre e calafrio énotório com invariável presença de linfoadenopatia.
Ao contrário da erisipela, a margem da área de celulite é pouco definida sem elevação central. Oestreptococo do grupo A e o S. aureus são considerados os agentes etiológicos mais comuns. Algumas espécies de Vibrio Aeromonas podem causar celulite após introdução do microrganismo através da ferida ou laceração ocorrida durante a natação em água doce ou água do mar. A celulite causada por H. influenzae é relativamente rara, mas a forma distinta desta infecção é que ela está geralmente associada com bacteremia e afeta tipicamente crianças de seis meses a 3 anos de idade.

 

Anúncios

4 pensamentos sobre “Aprenda comigo sobre a enfermidade que estou combatendo em meu corpo:CELULITE INFECCIOSA

  1. PASTORA, QUE CRISTO SE REVELE DE MANEIRA AINDA MAIOR SOBRE TI E LHE TRAGA A CURA,,,VC É MUITO ESPECIAL ,LHE AMO DE CORAÇÃO, ATRAVÉS DE TI JÁ FUI MUITO ABENÇOADA…E CREIO QUE O MILAGRE QUE PRECISA JESUS CRISTO JÁ LIBEROU…MELHORAS.

  2. Eu Valentim tenho celulite infecciosa já estive internado no hospital um mês a antibiotico tive alta vim para casa com a perna escura onde o médico diz que o próprio organismo encarrega-se de eliminar o escuro e inchado que tenho na perna mas agora a perna fez uma grande bolha que rebentou onde já vai para doze dias e ainda não parou de deitar liquido tenho ido ao hospital fazer o tratamento e o médico tornou-me a dar antibioticos ando muito preocupado já consultei alguns médicos e todos dizem que é uma celulite infecciosa minha amiga espero que já esteja curada

    • Meu amigo,
      Eu fiquei tomando 3 meses antibióticos, foi um tratamento longo e difícil.
      No segundo dia de internação tive hemorragia que me levou para o CTI.
      Graças a Deus eu estou bem e curada.
      Procure um angiologista para acompanhar seu tratamento.
      Deus o abençoe.
      Pra Sandra de Andrade

    • Meu amigo,
      Eu fiquei tomando 3 meses antibióticos, foi um tratamento longo e difícil.
      No segundo dia de internação tive hemorragia que me levou para o CTI.
      Graças a Deus eu estou bem e curada.
      Procure um angiologista para acompanhar seu tratamento.
      Deus o abençoe.
      Pra Sandra de Andrade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s