REVIFÉ é revivendo com fé!

Vacina contra o câncer de mama é testada com sucesso

Deixe um comentário

Cientistas americanos anunciaram o sucesso de testes efetuados em ratos de laboratóriocom uma vacina revolucionária contra o câncer de mama.

Os testes em mulheres devem começar dentro de apenas um ano.

Os médicos alertam, porém, que ainda vai levar muito tempo até que o medicamento esteja disponível para o público em geral. A droga dá mostras que tem capacidade de impedir a aparição de tumores, além de atacar os já existentes.
Vincent Tuohy, criador da vacina, comemora o avanço nas pesquisas, que mostram que a droga poderia acabar com 70% dos casos de câncer de mama. “Os efeitos são monumentais. Acreditamos que essa vacina poderá um dia prevenir o câncer de mama nas mulheres adultas da mesma forma que as vacinas previnem hoje muitas doenças infantis”, disse o pesquisador da Clínica Cleveland, em Ohio, Estados Unidos.

A vacina desenvolvida por Tuohy  tem como base o ataque a uma proteína chamada alfalactalbumina, que age na maior parte dos tumores de mama.

Uma vez aplicada, a vacina estimula o sistema imunológico, capacitando-o a destruir a alfalactalbumina – e assim evitar que surjam tumores. Se bem-sucedida, ela poderá ser oferecida a mulheres antes de alcançarem os 40 anos, época em que o risco de câncer de mama começa a subir, afirma Tuohy.

Testes realizados com ratos criados em laboratório para desenvolverem câncer de mama aos 10 meses de idade mostraram que a vacina os deixou livres de tumores.

A droga também aumentou o poder do sistema imunológico para encolher os tumores em até metade de seu tamanho, sugerindo que a substância poderia ser usada tanto como vacina quanto como medicação. Além disso, a teoria por trás dos estudos sugere que, no futuro, ela possa ser usada para combater outros tipos de câncer.

Concluídos os testes em roedores, Tuohy pretende iniciar os testes em mulheres já no próximo ano, em duas etapas.

A primeira terá como objetivo analisar o comportamento da vacina em mulheres com o câncer em estado avançado, enquanto a segunda etapa analisará mulheres cujo histórico familiar as colocam no grupo de risco da doença.

Devido aos inúmeros testes que ainda devem ser feitos, a vacina só deverá chegar ao mercado dentro de dez anos.

Fonte: Revista Veja

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s