REVIFÉ é revivendo com fé!


Deixe um comentário

Revifé no aniversário de 77 anos do Hospital Mario Kröeff 


​”O Hospital Mario Kröeff acredita em milagres!”


Parabéns a nova diretoria do Hospital 

Dr Helio Noronha

Dra Karla

Dra Maria Helena Vermot – Mastologia 

“O hospital Mario Kröeff acredita em milagres” Dra Maria Helena Vermot 

E nós também!

Revifé é revivendo com fé! 

img_7674-2


Deixe um comentário

Sistema nervoso intestinal


A enorme rede de células nervosas que reside no intestino dos animais vertebrados está fazendo com que os cientistas chamem essa rede de “segundo cérebro”.
E agora há novidades importantes na área.

“O nosso estudo revela que o sistema nervoso funciona como os ‘olhos e ouvidos’ do sistema imunológico. As células do sistema nervoso recebem sinais do intestino e dão instruções específicas ao sistema imunológico para reparar os danos,” explica Henrique Veiga-Fernandes, do Instituto de Medicina Molecular de Lisboa (Portugal).

Henrique e seus colegas descobriram um processo inédito que protege os tecidos intestinais contra a inflamação e as agressões microbianas – e que as combate assim que elas surgem, sob controle do sistema nervoso intestinal.

Já se sabia que existe uma relação, um diálogo, entre os neurônios do intestino e o sistema imunológico, inclusive induzindo células imunológicas (os macrófagos) a produzir substâncias protetoras do intestino.

“O que é completamente novo é que não só desvendamos o fenômeno em si, mas também descrevemos os mecanismos moleculares que estão em jogo,” disse Henrique.


Na imagem: As bactérias comensais, ou bactérias benéficas formam o microbioma intestinal, que também regula processos cerebrais.[Imagem: Nair/Abt/Artis/UPenn]
Linfócito disfarçado de neurônio

O mecanismo envolve uma proteína, chamada Ret, presente na superfície de um tipo de linfócitos (glóbulos brancos) chamados inatos – não adaptativos – que estão entre os mais importantes reguladores da inflamação e da infecção ao nível das mucosas. A proteína Ret funciona como um interruptor, podendo ser ligada ou desligada pelos sinais que recebe.

Essa mesma proteína Ret está presente na superfície das células nervosas do intestino, onde serve para regular a função destas células ao captar, como se fosse uma antena, sinais químicos vindos do exterior, por meio de moléculas chamadas fatores neurotróficos.

De acordo com o pesquisador, o que se verifica é “um tipo de linfócito mascarado de neurônio”.

Em experimentos com animais, a equipe descobriu que todos os agregados de linfócitos inatos ficam muito próximos de um tipo de célula do sistema nervoso, as células da glia, que não são neurônios, mas representam um elemento crucial do sistema nervoso. “São elas que produzem os fatores neurotróficos que vão ligar a Ret dos linfócitos inatos,” disse Henrique.

Proteção contra doenças intestinais
A pergunta que se colocou a seguir foi: como é que as células da glia “sabem” detectar as ameaças contra o intestino, de forma a ativar a Ret dos linfócitos inatos no momento certo?
“Na realidade, o que está fazendo com que as células da glia produzam esses ativadores da Ret é que elas conseguem detectar sinais da presença de micróbios e da destruição do tecido intestinal,” explica Henrique. “Podem ser sinais produzidos pelas bactérias ou ‘alarminas’, que são sinais emitidos por qualquer célula em apuros.”

“Resumindo, identificamos uma ‘carruagem’ multicelular [linfócitos inatos, células da glia e células do epitélio intestinal], orquestrada por fatores neurotróficos, que protege o intestino”, diz o pesquisador. “E constatamos que a alteração deste eixo celular e molecular conduz à doença inflamatória intestinal e à incapacidade de eliminar as infeções.”

Uma aplicação futura dos resultados poderá ser o desenvolvimento de novas estratégias preventivas e terapêuticas contra a inflamação intestinal crônica – tais como doença de Crohn ou colite ulcerosa – ou mesmo contra o câncer intestinal. Para isso, a equipe está agora estudando formas de ativar diretamente os linfócitos inatos, sem passar pela glia. “Queremos conseguir fazer o trabalho das células gliais”, disse Henrique.

Fonte: diariodasaude

img_7436-1


Deixe um comentário

Escândalo… e agora? 



No meio cristão volta e meia somos surpreendidos por um escândalo. Como nossa fé prega a santidade e o apego inegociável aos valores éticos, ficamos profundamente chocados quando tomamos conhecimento de falhas morais ou atitudes reprováveis de algum irmão ou irmã – seja de nosso círculo próximo de relacionamentos, seja alguém com mais notoriedade. É compreensível. O pecado nos choca, confronta, entristece, abate, revolta. Nessas horas, nosso senso de justiça nos leva a querer sangue, exigir punição dos pecadores, hereges e canalhas. A minha pergunta é: como exatamente devemos proceder quando explode um escândalo no meio cristão?

Pastores que falharam em sua santidade, irmãos que pecaram na sexualidade, líderes que desonraram pai e mãe, cristãos famosos que disseram ou fizeram algo estranho em público, bons pregadores que passaram a pregar heresias… a lista das causas de um escândalo entre nós é interminável. No centro de todas, uma única causa: pecado. Deus é santo e não tem parte com o pecado, é certo. Mas Deus também é gracioso e sua misericórdia dura para sempre. Diante dessa realidade, eis minha sugestão sobre como devemos nos posicionar diante de um escândalo:
1. Não tenha prazer no escândalo. Quedas morais, pecados e heresias são tragédias. São desastres. Não são motivo de piada. Devemos tratá-los como o horror que representam: com lamento, choro e profunda tristeza. O pecado jamais deve se tornar motivo para tricotadas, fofocadas, “você soube da última?” ou disse-me-disse. Não faça piada com o horror. Não se deleite na tragédia. Isso é papel do Diabo.

2. Fale com Deus. Converse sobre o escândalo com as demais pessoas apenas o estritamente necessário. A pessoa com quem você deve conversar intensamente e longamente sobre o escândalo é o Senhor. O nome disso é oração. Portanto, ore a Deus, peça misericórdia sobre a vida dos envolvidos, clame por arrependimento e restauração. Ficar de tititi com as pessoas, pessoalmente ou nas redes sociais, não adianta absolutamente nada; orar adianta tudo.

3. Não conclua antes de saber de todos os fatos. Cansei de ver escândalos em que as pessoas criam mil conjecturas acerca do que houve sem saber direito as informações. “Ouviram falar” e, por causa disso, tomam comentários colhidos ao vento como verdades absolutas. Para emitir uma opinião, assumir uma postura, tomar lados, se posicionar, antes é preciso ter total conhecimento da situação. Nesse sentido, uma das virtudes do fruto do Espírito é essencial: a paciência. Espere. Não corra para emitir uma opinião. Deixe a verdade ser exposta totalmente e, só então, se posicione.

4. Olhe para os culpados com firmeza, mas com misericórdia. A ética de Cristo não é a da punição, é a da restauração. Como filhos de Deus, o desejo do nosso coração deve ser sempre ver os que erraram arrependidos e restaurados espiritualmente. Não queira mandar os hereges e os pecadores para o inferno, queria vê-los de lágrimas no pó e coração sinceramente compungido. Como embaixadores do reino daquele que veio para os doentes, devemos ser médicos da graça e não carrascos da desgraça. Uma vez que se comprove a culpa, seja movido por compaixão pela vida dos culpados, para que sejam resgatados do poço de trevas em que se enfiaram e que, se tiverem de arcar com as consequências humanas de seu pecado, que pelo menos sua alma seja salva.

5. Entenda que a disciplina dos culpados é necessária. Determinados tipos de escândalos vão gerar consequências no plano humano. Um pastor que adultera precisa ser afastado do cargo até que sua vida esteja restaurada. Um pregador que diz uma heresia precisa se retratar em público. Um líder que desonra pai e mãe tem de ser tratado fora dos púlpitos e cargos antes de continuar liderando. Uma pessoa qualquer que comete um crime deve ser punida de acordo com o que prevê o código penal, mesmo que esteja arrependida e tenha sido perdoada por Deus: há consequências no plano humano para nossos atos, e devemos enfrentá-las.

6. Olhe para as vítimas com compaixão. Esposas traídas, pessoas enganadas, ovelhas feridas… muitas pessoas ficam machucadas quando explode um escândalo. As vítimas devem ser abraçadas, devemos chorar com elas, conduzi-las a perdoar quem as machucou, amparar seu coração em frangalhos. Nunca se aproxime dos feridos para obter mais detalhes sobre o escândalo ou algo assim. O nosso papel é amar, sofrer com quem sofre e auxiliar na sua restauração física, emocional e espiritual.

7. Lembre-se dos seus próprios pecados. Jesus presenciou um escândalo. Mais do que isso: ele foi instigado a emitir um parecer sobre o escândalo. Afinal, uma mulher fora flagrada em adultério. Adúltera! Pecadora! Escandalosa! Opróbrio! Digna de apedrejamento aos olhos da Lei! Mas a resposta de Jesus aos que queriam apedrejá-la foi que cada um olhasse para si. Afinal, em maior ou menor intensidade, todos temos telhado de vidro. E isso ele nos diz, hoje: olhe para si. Quando ocorre um escândalo, devemos agir com humildade, sem nos considerarmos megassantos, pessoas acima do bem e do mal. Mais do que jogar pedras, precisamos usar o escândalo alheio para ver como nós mesmos somos frágeis e passíveis de errar. Se há algo de positivo no escândalo é o alerta que ele lança sobre nós, para que, estando de pé, não caiamos. Vigie sempre.

8. Seja parte da solução e não do problema. Que tudo o que você pensar, falar ou fizer em relação ao escândalo seja para edificação das pessoas e para a glória de Deus. Fora disso, o melhor é não fazer nada, manter-se calado e ficar quieto.

Meu irmão, minha irmã, infelizmente sempre haverá escândalos entre nós, pois vivemos debaixo do pecado. Devemos saber como falar e agir no momento que isso acontecer, sempre com amor, graça e palavras temperadas, chorando com quem chora e pacificando. Nosso papel não é chutar quem está caído. Muito menos execrar vítimas. Exerça misericórdia. Busque a justiça, sim, mas que seja em amor e não com ira, vingança, ódio, destempero. Fale e faça aos outros como gostaria que falassem e fizessem a você se a queda fosse sua. E, acima de tudo, ore a Deus. Pois ele é quem tudo sabe, quem exerce a perfeita justiça e quem governa a nossa vida como Justo juiz e Príncipe da paz. Como ordena a Palavra do Senhor: “Amados, nunca se vinguem; deixem que a ira de Deus se encarregue disso, pois assim dizem as Escrituras: ‘A vingança cabe a mim, eu lhes darei o troco, diz o Senhor’. Pelo contrário: ‘Se seu inimigo estiver com fome, dê-lhe de comer; se estiver com sede, dê-lhe de beber. Ao fazer isso, amontoará brasas vivas sobre a cabeça dele’. Não deixem que o mal os vença, mas vençam o mal praticando o bem” (Rm 12.19-21).

Paz a todos vocês que estão em Cristo,

Maurício Zágari facebook.com/mauriciozagariescritor 

img_7294-1


Deixe um comentário

Hábitos e hábitos! 



Neurologista afirma que, embora o cérebro não se interesse em identificar a origem do prazer que se tem para aquela prática, é possível, sim, substituir o hábito

Faltar constantemente na academia, dormir sempre tarde, comer doce depois do almoço, usar repetidamente a função ‘soneca’ do celular. Os hábitos – bons ou ruins – são quase inflexíveis e, uma vez cultivados, se tornam difíceis de serem quebrados. Desencadeados por algum sinal, evento ou situação, no entanto, estas práticas podem, sim, ser substituídas.
Recente pesquisa realizada por cientistas da Universidade de Duke (EUA) sugere que os hábitos deixam uma marca perene em áreas específicas do cérebro. Desta forma, alimentam nossos desejos. Para o estudo, os investigadores treinaram ratos saudáveis a terem hábitos de ingestão de açúcar de rigor variado. Durante o processo, que implicava acionar uma alavanca para ganhar os doces, foi comprovado que os animais continuavam a pressionar o objeto mesmo após os doces terem sido removidos.
Doutor Osmar José de Moraes, neurologista do Hospital Santa Catarina (SP), que também trabalha com redes neurais artificiais na Universidade de São Paulo (USP), esclarece que “seguir alguns conselhos pode auxiliar as pessoas a abandonarem vícios e hábitos antigos. Embora exijam persistência e muita dedicação, é possível ‘reprogramar’ o cérebro para abdicar de comportamentos que nos aborrecem”.
Para corrigir um hábito ruim é preciso, antes de tudo, reconhecê-lo. Pesquisadores do Departamento de Ciência do Cérebro e Cognitiva do MIT afirmam que o hábito é um ciclo composto de três etapas: o surgimento dos gatilhos que acionam determinado comportamento; uma rotina que se instaura; e, por fim, a recompensa que motivou a busca.
O especialista explica que “qualquer hábito pode ser substituído, por mais difícil que pareça. Ter ciência sobre os prejuízos que aquela determinada ação está trazendo ao seu dia a dia é o primeiro passo. Ao aceitar isso a reprogramação já esta iniciada. Seja o consumo excessivo de café, álcool ou doces, a ociosidade e o tédio causado pelo trabalho, ou, então, as desculpas para realizar atividades físicas. Tudo pode ser modificado desde que a pessoa escolha o alvo certo e, o mais importante, tenha persistência para modificar o próprio ‘drive mental’”.

Fonte: SEGS

img_6440


Deixe um comentário

Não Devemos Usar Sapatos Dentro de Casa NUNCA! 



Quando você chega em casa, tira os sapatos ou entra calçado? Se entra calçado, temos uma recomendação: mude já esse hábito. A maioria dos asiáticos, especialmente os japoneses, andam descalços dentro de casa. E normalmente, quando chegam em casa, eles tiram o sapato antes de passar pela porta de entrada.

Acha que isso é por acaso? Não, é fruto de um povo com sabedoria milenar. E agora os ocidentais, com suas pesquisas científicas, estão começando a entender o hábito dos japoneses.

A Universidade de Houston realizou uma pesquisa e descobriu que 39% dos sapatos continham bactérias Clostridium difficile. Essa bactéria é uma ameaça pública e resistente a vários antibióticos. Os problemas que podem ocorrer são diarreia e, o mais grave, a inflamação do cólon.

Outro estudo, desta vez na Universidade de Arizona, descobriu 9 formas diferentes de bactérias encontradas na sola dos sapatos.

Para você ter ideia, a parte inferior do calçado é mais suja do que assentos sanitários.

O Dr. Charles Gerba, microbiologista e professor, resolveu fazer uma experiência para saber até onde isso é grave. Comprou sapatos novos, usou por apenas duas semanas e encontrou 440.000 unidades de perigosas bactérias que podem provocar, entre outros problemas, pneumonia e infecção respiratória.

A Clostridium difficile atinge apenas quatro de cada dez pessoas, mas há muitos outros tipos de bactérias e elas precisam ser evitadas. Um piso de banheiro público, por exemplo, contém 2 milhões de bactérias por polegada quadrada. O que acontece se você pisar num ambiente desse e depois entrar em casa sem tirar os sapatos?

Consequências ainda mais graves ocorrerão se você tem filhos pequenos em casa, pois eles colocam as mãos no chão, se deitam e rastejam. Para um bebê de até 2 anos, com o sistema imunológico ainda em formação, isso é um verdadeiro perigo!

Também devemos levar em consideração que o solado do sapato pode acumular resíduos de produtos químicos, germes e agentes patológicos. Por isso definitivamente aconselhamos você a deixar os calçados do lado de fora da casa.

Alguns ocidentais já têm esse costume de só andarem pela casa descalços. No entanto, muitas vezes, acabam calçando os sapatos antes de sair, dando algumas voltas no interior da casa.

Agora que você já sabe do perigo de entrar em casa com seus sapatos, mude esse hábito já !

img_6099-2


Deixe um comentário

Quem é o teu próximo?



Mateus 12: 39-31

“Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.”

Reflexão:
Onde está, neste exato momento, o teu próximo?

A quem você pode estender a mão, a quem vc pode tocar com uma palavra, um gesto, uma atitude, uma honra ou um perdão? 

Quem é o teu proximo agora, hoje, amanhã ou esta semana! 

Deus nos abençoe 

Pra Sandra de Andrade

img_7536


Deixe um comentário

Colhendo tâmaras 


  
Existe um ditado árabe que diz: “Quem planta tâmaras, não colhe tâmaras!”Isso porque antigamente as tamareiras levavam de 80 a 100 anos pra produzir os primeiros frutos. Atualmente, com as técnicas de produção modernas, esse tempo é bastante reduzido, porém o ditado é antigo e sábio. Conta-se que certa vez um senhor de idade avançada plantava tâmaras no deserto quando um jovem o abordou perguntando: “Mas por que o senhor perde tempo plantando o que não vai colher?”. O senhor virou a cabeça e calmamente respondeu: “Se todos pensassem como você, ninguém colheria tâmaras”. 

Ou seja, não importa se você vai colher, o que importa é o que você vai deixar… Cultive, construa e plante ações que não sejam apenas para você, mas que possam servir para todos e para o futuro. Nossas ações hoje, refletem no futuro.

Se o tempo não é tempo de colher, bem pode ser tempo de semear… Deus conhece nosso coração e nos dará o que precisamos no tempo certo.

Lidia curada


Deixe um comentário

Depoimento} Lidia Teixeira, a fé que vence o câncer!


Amado(a)s leitore(a)s, meu nome é Lidia Teixeira!

Venho trazer à todos vocês,uma linda História de Fé em Deus,a qual  vivi nos anos 2000 /2001, aos 31 anos de idade, com 3 filhos com idades de 10 meses, 3 e 4 aninhos.

lidia filhos 2

Apareceu no meu pescoço um caroço na glândula do lado esquerdo, o qual fui medicada por 2 meses,sem sucesso.

Sendo assim,fui encaminhada ao INCA ( Instituto Nacional do Câncer ), na praça da Cruz Vermelha RJ. Foi feito uma punção, a qual sugeriu malignidade, fiz uma biópsia cujo resultado sairia em 5 min, porém, com a grande quantidade de material  visto,  os médicos acharam por bem fazer um cirurgia, e mandar os pedacinhos recolhidos

para análise. cujo resultado só veio a chegar 20 dias após.

Muito preocupada com os tais pedaços em análise,vim embora com minha cunhada Marta. Ao chegar em sua casa, ela colocou um CD pra tocar sem escolher o que seria cantado,sem coincidência alguma, porém, regido pelo próprio Deus, cantou o louvor “Toma os pedaços do meu ser “, e nós choramos muito, eu pedia a Deus de joelhos, que não permitisse satanás cirandar com os meus pedacinhos, embora cancerígenos,podres, mais pertenciam a  Deus!!!

20 dias após, veio o resultado LINFOMA DE HODKING, ( câncer do sistema Linfático ), daí seguiram uma série de

exames, para começar os tratamentos ( Tratamentos estes muito pesados 4 meses de quimioterapias e 20 sessões de radioterapias ), nesta trajetória, emagreci,perdi meus cabelos e usei peruca,fiquei com o rosto riscado 1 mês, para ser cronometrado as radioterapias.

lidia cicatriz

Esses momentos, não foram capazes de roubar minha fé em Deus, nem de tirar meu bom humor, até porque precisava de força,porque meus filhos eram bem pequenos. Um dia eu abrindo a Bíblia Sagrada, o Senhor deu-me uma passagem no Livro de Lamentações Cap 1, V; 14 ( Já o jugo das minhas prevaricações está atado pela sua mão; elas estão entretecidas,subiram sobre o meu pescoço ).

Comecei então a refletir que o Senhor falava comigo, que eu estava doente sim, e no pescoço!!!

Seguindo a caminhada,uma vez no INCA, eu aterrorizada ao ver tanto sofrimento, novamente abri a Bíblia e Deus me deus Isaías  Cap :57, Vers:10 “Na tua comprida viagem te cansaste;mas não dizes : Não há esperança; o que buscavas achaste;por isso, não adoeces.) Lembro um dia, fazendo quimioterapia,  em pensamento perguntei a Deus: -Senhor,o que estou fazendo aqui,tenho meus cabelos tão cacheados e 3 filhos pequenos ?

O Senhor respondeu-me cantando em meu pensamento um pedaço do louvor Situações,onde diz:” Pois eu sei que jamais eu provado serei, além do que eu possa suportar….”!!!

É maravilhoso saber q mesmo no vale da sombra da morte,Deus se mantém fiel a nós! Uma noite eu fora convidada pra trazer a mensagem em uma Igreja, novamente perguntei: Senhor, o que irei falar se meus cabelos estão caindo? O Senhor mandou eu falar no Livro de Mateus Cap: 10,Vers; 30 ( E até mesmo os cabelos da vossa cabeça estão todos contados! )

Percebam queridos, que nunca fiquei sozinha,Deus sempre tinha e tem um refrigério pra nós!!!!

Os tratamentos pesados,davam-me azia, enjoo, prisão de ventre,  unheiros nas unhas das mãos e dos pés, devido a agressividade das quimioterapias, e muito mal estar, a ponto de pensar que nunca mais eu teria uma vida de ânimo.Até para engolir um miolo de pão, eu não conseguia,tinha que fazer gargarejo com medicação anestésica, para deixar meio que dormente,e eu então engolir.Isso devido a agressividade das radioterapias.

Até hoje, as unhas dos meus dedões dos pés não voltaram totalmente ao normal.

Meus queridos leitores, passamos por desafios gigantes,mais nosso Eterno e Soberano Deus, nunca nos deixa só. O mesmo Deus que prolongou meus anos de vida,certamente está no controle da sua vida, é logico que somos humanos e tememos o perigo, mais ele não abandona os seus filhos,pois eu sou prova fiel disso !!!

IMG_7407

*Eu e meus filhos após 16 anos

Faça desta  minha história um grande significado em sua vida, e desejo que estes versículos e louvores citados por mim,também venham lhe abençoar de uma forma maravilhosa,porque Jesus Cristo continua o mesmo!!!!

Com carinho deixo vos um grande abraço, e assim me despeço em Cristo com Graça e Paz !!!!

Lídia Teixeira

(Clique no nome e será direcionado para o perfil de Lidia no facebook)

Combate


Deixe um comentário

8 de abril – Dia Mundial de Combate ao Câncer


Combate
Como posso combater o que não posso controlar?!! Já ouvi diversas vezes essa frase, pois não controlamos o nosso corpo. Mas podemos ajudá-lo a não adoecer e aprender a ouvir-lo. Mas como? Cuidando da nossa alimentação, fazendo exercícios físicos e cuidando da nossa mente. Essas são formas mais eficazes de combater o câncer. Não necessariamente impedirão a doença, mas primeiro são formas de prevenção e segundo te prepara para qualquer obstáculo que a vida trouxer. Aproveite esse dia para combater os “câncer” diários que tentam minar a sua vida. Faça autoexame de mama, de pele, acompanhamento médico (próstata e afins), mas mais importante faça o autoexame diário da sua mente para identificar o que pode e deve ser combatido em sua vida!
Curtam:
Fb.com/REVIFE
Fb.com/FisioHope
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.336 outros seguidores